VICTORIA MARÇOLLA

O LUGAR DO ANALISTA (cont)

O analista, assim, se resguarda de confundir e sobrepor a dimensão fenomenológica e a dimensão estrutural.

Em “Esquema da psicanálise” (1938) Freud diz a situação psicanalítica constituir um pacto entre o analista e o ego debilitado do paciente nas lutas contra as pressões do Id e do superego.

No mesmo trabalho, após discorrer sobre a ambivalência da transferência, critica o risco […]

O LUGAR DO ANALISTA

“Lê suject que recontre l’antre s’inquiete et perd, sait pour l’amour , soit pous la et perd, sait pour l’amour, sait pour la laine, la liberté de l’esprit.” Levy-Valency.

Resumo

Delimitação do campo dos conceitos utilizados:

a-      Neuroses narcísicas;

b-     Neuroses estruturais (transferenciais);

c-      Identificação narcísica com o Ego Ideal.

Sujeito suposto saber (Lacan)

Psicanalista como formação do inconsciente do analisando (lugar de projeção e transferência.)

Estruturada situação analítica.

Autores:

Jacques Allan […]

ESTRUTURA DO DIÁLOGO PSICANALÍTICO

O que viabiliza o diálogo psicanalítico é a abertura á transferência. Analista e analizante estão mergulhados na transferência. No caso do analista dizemos contra-transferência, mas o de que se trata é, especificamente, da transferência. Transferência tem haver com catexia, ligação de energia psíquica, representante representativo pulsional que exige descarga. Esta descarga sempre é dada pela mediação do objeto, mesmo […]

PSICANÁLISE

Conceituação básica. Em psicanálise é fundamental a clareza conceitual que possibilita o estabelecimento de um código comum entre os pares, a fim de estabelecer-se uma troca exitosa e um diálogo eficaz.Vamos iniciar este artigo considerando o conceito que pode ser usado em três sentidos:
ciência
<em id=”__mceDel”> técnica terapêutica
teoria da constituição do sujeito humano.</em>
Psicanálise é uma ciência, não no sentido escolástico, […]